TRANSTORNO DE PERSONALIDADE ANTISSOCIAL

Conceitos Importantes

O que é o transtorno de personalidade antissocial?

O transtorno de personalidade antissocial é marcado por ações antissociais, que fogem daquilo que é esperado de um cidadão. Entretanto, não significa que o portador desse transtorno seja ligado ao  infringimento da lei.

Com tendência a não demonstrar consciência e empatia, muitas vezes o sujeito se apresenta de modo egoísta, sem o menor senso de culpa ou arrependimento.

O diagnóstico de transtorno de personalidade antissocial não é aplicado para jovens menores de 18 anos de idade, nem para aqueles que apresentam sintomas explicados por retardo mental, esquizofrenia, transtorno bipolar.

Comportamentos mais apresentados - no transtorno de personalidade antissocial

  • Desrespeito ao direito;

  • Dificuldade para aceitar as regras sociais;

  • Uso frequente da mentira ou falsidade;

 

  • Fazer uso frequente da persuasão para obter alguma vantagem, mesmo que isso corresponda detrimento alheio;

  • Impulsividade ou fracasso para planejar o futuro;

  • Agressividade e irritabilidade;

  • Falta de cuidado com a própria segurança e a dos outros;

  • Dificuldade para se comprometer com o trabalho e honrar com sua  responsabilidade financeira.

Essa pessoa pode achar que está tudo bem, mesmo quando existem outros sendo atingidos por seu comportamento.

AUTOSSABOTAGEM

 

Conceito e dicas....

APRENDA A DIZER NÃO PARA AS PESSOAS

Vença esse problema...

PSICOPATA NO TRABALHO

 

Como não ser prejudicado...

Como ele age para conseguir aquilo que deseja -

no transtorno de personalidade antissocial?

Transtorno De Personalidade Antissocial – Site Psicologia

 

Como se comporta a pessoa - no transtorno de personalidade antissocial?

O sujeito pode se mostrar prepotente e altivo. Podendo também, se apresentar com hostilidade e falta de paciência.

Essa pessoa pode ser dramática, com capacidade de encantar qualquer um, para conquistar aquilo que mais lhe interessa. Algumas crescem na vida por meio do sacrifício dos outros. A forma de agir é muitas vezes implacável, inflexível e sem empatia. 

Uma vez que desacatam as normas sociais: mentir e enganar parece ser algo comum a esse sujeito.

As pessoas próximas podem ser prejudicadas?

Essa pessoa é capaz de praticar um ato egoísta, mesmo contra aquele que mais o ajudou. Com isso, não demonstra remorso, preocupação, não observa os próprios erros.

Essa pessoa tende a ser impulsiva, irresponsável, com comportamento agressivo.

 

Independente do gênero, o resultado em longo prazo para os portadores de transtorno de personalidade antissocial, muitas vezes é precário.

"Podemos nos redimir, até onde podemos nos ver."

Martin Buber

A arte da sedução - no transtorno de personalidade antissocial

Essa pessoa pode ser bem charmosa, impressionante à primeira vista, porém poderá agir de forma interesseira. A capacidade de manipulação é alta, podendo até convencer outras pessoas a fazer algo que normalmente não fariam.

Em que momento é necessário procurar ajuda -

no transtorno de personalidade antissocial?

Umas das formas para ajudá-la a melhorar seria fazer terapia. Porém, essa pessoa acredita que está tudo bem com ela. Geralmente quando chega ao consultório de psicologia é porque foi mediado por outrem.

Quando acontece o atendimento psicológico, o terapeuta procura conscientizá-la sobre seu comportamento autodestrutivo. Porém, o portador de transtorno de personalidade antissocial costuma não aceitar uma relação que não tenha interesse próprio.

 

O uso de medicamento no transtorno de personalidade antissocial geralmente acontece quando há quadros de depressão, ansiedade, raiva excessiva...

No trabalho, em casa, nos locais que frequenta, manter as relações sociais é um desafio para essa pessoa. Porque o vínculo para acontecer precisa de tempo, afeto, empatia e companheirismo.

"Abrindo os olhos" para aquilo que se faz, é possível mudar o rumo de cada história!

Maria Cristina Santos Araujo
Psicóloga SP - 06/108.975