TIMIDEZ

Dicas para superar 

Medo, coração disparado, vergonha, tremor, vontade de sair de fininho...

 

Se você alguma vez sentiu isso - você está no mundo universo da timidez.

 

 

Como é viver de forma muito tímida?

Todas as pessoas em certas situações, poderão apresentar comportamento tímido, mas ninguém nasce sobre o julgo da timidez.

 

A timidez influencia o modo em que cada um vive o seu dia a dia. 

 

Esse estado promove emoções negativas, em que o sujeito se sente de verdade "incomodado". É como viver sendo avaliado, ineficiente e reprovado o tempo inteiro. 

Há crítica afrontosa sobre como ele mesmo é, e também sobre suas atitudes. 

A pessoa tímida não interage sozinha, geralmente está acompanhada de seu medo. 

Costumamente, não pede ajuda a ninguém, não fala sobre ela mesma, não se defende, pois o autovalor está prejudicado. 

 

Aquele que é tímido sabe o tanto que sofre, e o quanto se sente inseguro. 

 

A timidez dificulta que o contato com as outras pessoas possa ser transformador.

Um sujeito que é tímido precisa ficar atento, para não ser conduzido pelas vontades dos outros – ficando sempre em segundo plano seus desejos e necessidades. 

 

Falta a esse indivíduo reconhecer o seu próprio valor. Pois, ele excede em dar tanta importância ao que os outros pensam sobre ele.

 

Há também momentos no desenvolvimento humano, que a timidez atua de forma marcante, por exemplo, na adolescência. 

 

Mas não importa a idade, se o tímido estiver disposto a se transformar  em um desinibido.

 

BAIXA AUTOESTIMA NO TRABALHO

 

Conceito e dicas....

AUTOSSABOTAGEM

 

Conceito e dicas....

TRANSTORNO DE ANSIEDADE SOCIAL - FOBIA SOCIAL

 

Como identificar?

 Comportamentos mais comuns na timidez 

Autoacusação persistente - na timidez

A pessoa tímida faz costumamente autoacusações: que tira seu próprio sossego. 

 

Xingamentos também costumam acontecer, que geralmente a coloca em desmerecimento total.

Sensação de vergonha - na timidez 

Quem é tímido tem consciência de sua própria vergonha. Porém, isso o deixa mais envergonhado ainda. Pois, ele tenta esconder dos outros o que está sentindo, podendo entrar em aflição nesse momento.

 

Assim, quanto mais o tímido tenta parecer aos outros que está à vontade, menos à vontade fica. Quanto mais tenta fazer dar certo as coisas, mais se complica, e erra o que está fazendo. Essa pessoa não entende porque isso lhe acontece. Porém, ela não relaxa: tentando manter o controle, as coisas saem de controle. 

Em que momentos aparece o nervosismo na timidez?

 

O sujeito pode ficar em alguns momentos um pouco nervoso, principalmente quando cisma que está sendo observado. 

 

Se a preocupação for intensa, ele começa se antecipar, achando que as coisas acontecerão pelo viés errado.  

 

A pessoa tímida, se sente mais desconfortável quando não conhece o outro muito bem, ou quando considera estar diante de alguém mais importante que ela.

"Uma longa viagem começa com um único passo."

Lao-Tsé

Como essa pessoa receia que as coisas não darão certo, ela teme o futuro. Para diminuir sua ansiedade, costuma também evitar situações novas. Pois, fica insegura quanto ao próprio comportamento.

Como é a expressão corporal da pessoa tímida?

Em alguns momentos, a pessoa tímida expressa o que está sentindo por meio de gestos.

 

Ela curva os ombros, baixa a cabeça, evita o contato visual, sua voz fica trêmula.

 

Ela também experiencia a vermelhidão do seu rosto como se estivesse queimando, a agitação das mãos, a instabilidade nas pernas. O coração agoniado, a faz entender de que não está se sentindo nada à vontade.

 Por que a timidez acontece?

 

 

De onde vem a timidez?

 

Parece que o abandono sentido pela criança, ocasionado primordialmente pelos cuidadores, é um dos pontos de construção da timidez.

 

Esse contexto é composto pela desconsideração das necessidades da criança, adicionada a falta de reconhecimento por suas realizações, como também as ridicularizações diante de outras pessoas. Ou seja, um ambiente de violência, em que a criança cresce, pode ser uma fonte propícia para o surgimento da timidez.

Pesquisas têm mostrado, que crianças submetidas a situações de humilhação, desvalorização, ameaça, educação rígida e proteção excessiva, começam desde cedo a ter dificuldades em expressar pensamentos e emoções.

Por que a pessoa tímida age assim?

Por não reconhecer sua própria competência, a pessoa tímida se torna exigente demais com ela mesma, no qual, uma simples realização pode se tornar um martírio.

No fundo ela teme se envolver numa situação que provoque riso ou zombaria.

Talvez, por estar tão preocupada com o que os outros vão pensar, ela não vive o momento presente,  permanecendo mais tempo no mundo das ideias, onde coisas negativas podem acontecer.

      

Prejuízos causados pela timidez

 

 

A timidez provoca na pessoa um sentimento de inferioridade, onde ela não percebe sua capacidade como fonte de realização. Com isso, se incorpora também, um sentimento de não ser merecedor de aceitação, amor e respeito dos outros.  

 

A timidez é um elemento que causa mal-estar e cria barreiras no relacionamento interpessoal. 

Para evitar ansiedade muitos tímidos se afastam do convívio social.

Geralmente alguém assim, possui uma autoimagem idealizada. A autoimagem idealizada torna o sujeito menos flexível e espontâneo. Contribuindo desta forma, para uma sensação de incômodo e sentimento de inadequação. 

 

Esse sujeito não vivencia as experiências, em vez disse as teme.

 

Hoje eu tô me amando!

Mell Barcellos

As decisões são influenciadas pela timidez

Quando a pessoa tímida está no mercado de trabalho, mesmo sendo capaz, ela poderá evitar aquelas profissões em que é preciso se expor, falar em público ou debater ideias.

Quanto aos estudos, mesmo o tímido conhecendo muito sobre um assunto, evitará apresentá-lo em público. São aqueles alunos que jamais fazem perguntas.

Existem pessoas que são mais caladas que outras, mas que apesar de serem quietas possuem autoestima e não são tímidas, são chamadas de introvertidas (expressão conhecida na abordagem da Psicologia Analítica). 

Dicas para evitar a timidez

 7   Dicas para ficar desinibido

            1. O medo que é sentido pelo tímido, tende a diminuir cada vez que se arrisca e obtêm sucesso. Assim, ele precisa enfrentar as situações, procurando não desistir.

            2. O tímido procura estar em equilíbrio, evita o conflito, sendo passivo muitas vezes. É importante que ele expresse suas convicções: de forma confiante e autêntica.

            3. Encarar pequenos desafios, naquelas situações que lhe causam embaraço, também pode ser um diferencial para aumentar sua autoestima.

            4. Ser responsável pela própria mudança - é um trabalho de enfrentamento que deve ser feito pouco a pouco, conquista a conquista.

           5. Parar de se proteger tanto, pois suas defesas atuam para manter o comportamento tímido. Assim, é interessante que seja mais espontâneo.

            6. Procurar se relacionar mais. Aproveitando a presença das pessoas, ele ficará menos preocupado com seu próprio comportamento.  

            7. Viver inteiro no "aqui e agora", com isso haverá menos pensamentos negativos sobre o futuro.

Funciona tentar passar uma imagem diferente?

Excede a tentativa de alguns tímidos em passar uma imagem de que é extrovertido.

 

Ser mais expansivo ou mais reservado, não define se um tipo de personalidade é melhor que a outro. No mundo há lugar para todos.

 

Percebemos que as pessoas estão interessadas naquilo que é verdadeiro. 

Se uma pessoa tímida tenta passar outra imagem irreal, ela não está elaborando a própria dificuldade, mas tentando camuflar. É preciso de autoestima para vencer a timidez.

Como tratar a timidez?

A timidez não é uma doença, mas no momento em que um indivíduo não consegue superá-la, ele pode sentir ansiedade elevada e desconforto.

 

Deverá procurar ajuda profissional, quando perceber que sua timidez, influência excessivamente as áreas importantes da vida. 

Na terapia, geralmente vejo que quando a autoestima é trabalhada, menos desconforto a pessoa sente - nos casos de timidez.

É possível vencer um dia a timidez?

Vencer a timidez é possível para quem decide: que não haverá limites para si mesmo.

É dentro de nós que está o nosso pior inimigo, mas também o melhor amigo. Somos nós que escolhemos com quem vamos passar os dias da nossa vida.

O importante é viver bem, adquirir autoconfiança, e assim, conquistar a prosperidade.

Quando a pessoa com timidez "aceita tudo" e se "cala", sua subjetividade reagirá: produzindo uma emocionalidade contrária ao crescimento. Desta forma, se corre o risco de se instaurar o adoecimento.

"É quando o tímido descobre o amor próprio e a satisfação pelo ambiente, que ele percebe aquilo que  faltava para ser feliz!”

"Abrindo os olhos" se percebe que o impossível foi criado por alguém que não soube lutar e desistiu!

Maria Cristina Santos Araujo
Psicóloga SP - 06/108.975